Festival do Rio 2013 - Dia 30/09 » Comentários

por Victor Nascimento | 05 out 2013

"Uma Família Gay", "O Que Não Falam quando Falam de Amor", "Fragmentos de Dois Escritores", "Get the Picture - Um retrato de John G. Morris" e "Chegará o Dia".


Marcar 'gostei' (precisa estar logado)0 Comentários 0 Acessos 82

Mais cinco filmes do Festival do Rio foram vistos nesta segunda-feira: "Uma Família Gay", "O Que Não Falam quando Falam de Amor", "Fragmentos de Dois Escritores", "Get the Picture - Um retrato de John G. Morris" e "Chegará o Dia".

Uma Família Gay

Uma Família Gay -

Uma divertida forma de abordar as agora permitidas uniões civis homo afetivas. Será que todos os parceiros homossexuais sentem, de fato, essa necessidade? Novos pontos de vista, até então não questionados em grande abrangência na mídia são apresentados, enriquecendo a discussão.

Diretor(a): Maximiliano Pelosi

Detalhes | Programação


O Que Não Falam quando Falam de Amor

O Que Não Falam quando Falam de Amor -

Típico filme obrigatório em festivais: diferente no que diz respeito a enredo, estética e ritmo, mas apaixonante e muitíssimo bem feito, ainda mais quando pensamos em ser um filme indonésio, muito pouco comuns em exibição por aqui. Filme merecedor de atenção desde a primeira cena. Imperdível!

Diretor(a): Mouly Surya

Detalhes | Programação


Fragmentos de Dois Escritores

Fragmentos de Dois Escritores -

Um curta que peca por não ser longa. Talvez, nem mesmo assim seria o suficiente pra as maiores ideias de dois grandes escritores fossem expostas. Um verdadeiro exercício pra se discutir oque é a arte, entretenimento e a linha que separa o autor de sua(s) obra(s).

Diretor(a): João Bethencourt

Detalhes | Programação

Get the Picture - Um retrato de John G. Morris

Get the Picture - Um retrato de John G. Morris -

Nada mais do que o mundo do fotojornalismo – sobretudo o de guerra – e sua mudança ao longo dos anos. Bem, isso não é pouca coisa.

Somos agraciados com fotos e histórias dos maiores fotógrafos de guerra que já existiram, quando os profissionais habitavam o limbo entre os dois fronts, imparciais aos acontecimentos. Uma época onde as pessoas responsáveis em passar para o mundo de forma crua o que se passava não eram alvos de ataques de todos os lados.


Diretor(a): Cathy Pearson

Detalhes | Programação


Chegará o Dia

-

Nem todos querem encontrar a si próprios. Autoconhecimento é uma jornada pra poucos. Em “Chegará o dia” a linda Jasmine Trinca faz uma mudança radical. Da Itália à Amazônia. Mais do que um filme que aborda o longe, à natureza. O longa tem sérias questões sobre assuntos sociais e religião. Os não atores fazem relembrar o neorrealismo, mas digitalmente. Todo o apoio a mais filmes do tipo.

Diretor(a): Giorgio Diritti

Detalhes | Programação

Comentários

0 comentários
Ninguém comentou esta notícia ainda.
Seja o primeiro »