Festival do Rio 2013 - Dia 01/10 » Comentários

por Victor Nascimento | 09 out 2013

"As Delícias da Tarde", "Eu sou Divine", "Os Mortos e os Vivos", "O Futuro" e "A Gatinha Esquisita"


Marcar 'gostei' (precisa estar logado)0 Comentários 0 Acessos 182

O Mês mudou, mas a cobertura do Festival do Rio continua. Mais cinco filmes foram assistidos no dia primeiro. Confira a seguir.

As Delícias da Tarde

As Delícias da Tarde -

Possível candidato a filme com cara de independente e candidato ao Oscar pro outro ano. A produção parece uma mistura de “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças” com “De Repente... 30” e toque de “Juno” na meia idade. Não tem nada de errado, mas não encanta, alguns personagens não convencem. Um filme sessão da tarde pra adultos.

Diretor(a): Jill Soloway

Detalhes | Programação


Eu sou Divine

Eu sou Divine -

Doc. bem informativo a respeito de um dos personagens mais icônicos do cinema bizarro. Do escândalo “Pink Flamingos” ao sucesso de “Hairspray”, descobrimos a vida de Harris Glenn Milstead, parceiro de alma do diretor John Waters e inspiração pra toda uma nova era de entretenimento gay.

Diretor(a): Jeffrey Schwarz

Detalhes | Programação


Os Mortos e os Vivos

Os Mortos e os Vivos -

Bacana, mas mais um filme de holocausto? O tema é tão explorado que torna-se necessário coragem pra arriscar comprarem sua visão. Entretanto o filme é até competente, mas não tem muitos grandes momentos, apenas.

Diretor(a): Barbara Albert

Detalhes | Programação


O Futuro

O Futuro -

É o filme que se defende todo o tempo, da bizarra abertura onde já se percebe que você pode se divertir ou achar uma tortura até o final que me limitarei a dizer que é diferente. Entretanto é um filme que se defende, seu grande crédito. Vale pela linguagem.

Diretor(a): Alicia Scherson

Detalhes | Programação


A Gatinha Esquisita

A Gatinha Esquisita -

Cansativo. Espera-se um filme alegre e encantador, mas não desenvolve. Chega a se tornar assustador, fazendo parecer que, na verdade, seria uma crítica aos nosso padrões diários. Contudo, o longa promete mais do que entrega.

Diretor(a): Ramon Zürcher

Detalhes | Programação

Comentários

0 comentários
Ninguém comentou esta notícia ainda.
Seja o primeiro »