Gostou do nosso site?
Então curta!

A visão do cinema sobre o trabalho

Outro Olhar
por Rodrigo Ferreira | 01 mai 2013

Selecionamos três filmes que fazem um raio-x das relações de trabalho na sociedade moderna.

Marcar 'gostei' (precisa estar logado)0 Comentários 0 Acessos 49

Hoje é o dia do trabalho. O dia em que comemoramos o trabalho que nos sustenta e também refletimos sobre o trabalho que nos desgasta. Para alguns o trabalho é um motivo a mais para acordar todas as manhãs, para outros é o principal motivo para permanecer na cama.

Gostamos de acreditar que na nossa sociedade capitalista criamos relações de trabalho onde todos se beneficiam. Entretanto, basta olhar ao redor e percebemos que alguns se beneficiam mais (injustamente mais?) do que outros. Enquanto alguns desfrutam de tudo aquilo que o dinheiro pode comprar, outros desfrutam de todas as dores que a falta de recursos pode trazer. A situação só se agrava quando o fantasma do desemprego resolve dar as caras.

Na canção Um homem também chora, Gonzaguinha canta com emoção essa difícil relação entre o homem e o trabalho:

Um homem se humilha / Se castram seu sonho / Seu sonho é sua vida / E vida é trabalho

E sem o seu trabalho / O homem não tem honra / E sem a sua honra / Se morre, se mata

A banda Titãs vai ainda além na canção Comida, onde reflete que apenas ter um trabalho não adianta se o dinheiro dá apenas para comer. Há outras necessidades que deveriam ser garantidas.

Bem, não viemos aqui falar de música, né? Por ocasião do dia do trabalho, o Kritz preparou uma lista com três filmes que fazem um raio-x das relações de trabalho na sociedade moderna.

O primeiro filme é o brasileiro Trabalhar Cansa, de 2011 Dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra, o longa conta a história da jovem dona-de-casa Helena (Helena Albergaria) que resolve realizar um desejo antigo e abrir seu primeiro empreendimento: um mini-mercado. Ela contrata a empregada doméstica Paula (Naloana Lima) para tomar conta das tarefas do lar e de Vanessa, sua filha. Quando seu marido Otávio (Marat Descartes) perde o emprego como gerente em uma grande corporação, as relações pessoais e de trabalho entre os três personagens sofrem uma inversão inesperada, ao mesmo tempo em que ocorrências perturbadoras passam a ameaçar os negócios de Helena.

Trabalhar Cansa

Trailer | Críticas

O segundo é um longa francês dirigido pelo aclamado Costa-Gavras chamado O Corte (Le Couperet), de 2005. Nesse filme, Bruno Davert (José Garcia) é um executivo francês, que perde seu emprego. Dois anos depois ele continua desempregado, o que o leva ao desespero. Decidido a recuperar o antigo cargo, ele decide matar seu atual ocupante e todos os candidatos da empresa em que trabalhava com potencial para ocupá-lo.

O Corte

Trailer

E por último selecionamos o também francês A Agenda (L'emploi du temps), de 2001. Dirigido por Laurent Cantet o filme conta a história de Vincent (Aurélien Recoing) que perdeu o emprego, mas não tem coragem de contar para a mulher, Muriel (Karin Viard). A partir de então ele começa a mentir, passando dias longe de casa fingindo que está trabalhando. Ele chega a entrar em prédios comerciais, driblando os seguranças e fazendo-se passar por mais um dos funcionários da empresa e no ápice de sua loucura inventa que passará a trabalhar num escritório das Nações Unidas na Suíça. Com o tempo, as mentiras tornam-se tão naturais que passam a ser sua principal atividade.

A Agenda

Trailer

Tá aí. Uma lista com três ótimos filmes sobre o trabalho e que sugerem uma reflexão mais profunda sobre essa relação de amor e ódio. Bom filme!

Comentários

Ninguém comentou esta notícia ainda.
Seja o primeiro »

Mais Recentes

Há quem diga, que os livros de Dan Brown são quase roteiro. Mas não é tão simples assim.

O dia da criança está chegando, e por isso, hoje é dia de conferir os mais jovens protagonistas do estúdio do camundongo (e da Pixar, afinal estão juntos nessa!).

Existem muitas e grandes mudanças. Hora de descobrir quais são e porque existem!

Mais Populares