Gostou do nosso site?
Então curta!

A Juventude » Críticas

Estreia: 31 de março de 2016
Assista ao trailer Comentários0 Acessos 49
Marcar 'favorito' (precisa estar logado)0Marcar 'quero ver' (precisa estar logado)0Marcar 'já vi' (precisa estar logado)5Marcar 'não tenho interesse' (precisa estar logado)0
62
T-Kritz
Baseada em 5 crítico(s)
Polêmico com avaliações geralmente favoráveis.
Incorporar T-Kritz
Após fazer sua seleção, copie e cole o código de incorporação acima. O código muda de acordo com a seleção.
Padrão Pequeno
Minha Avaliação
0102030405060708090100 Escreva uma crítica (precisa estar logado) Deixe um comentário (precisa estar logado)

Críticas

5 críticas

O filme não passa de uma “grande beleza do vazio”: cada suave movimento de câmera, cada enquadramento, tudo é cuidadosamente pensado para exalar beleza, mas soa gratuito e artificial.

Veja, assim que possível. Daqueles filmes que não apenas emocionam, mas repercutem na memória por um bom tempo.

No filme de Paolo Sorrentino, a juventude é exposta pelas lentes da fama e do sucesso, mesmo que efêmeros. (...) De que adianta você ter feito algo relevante, se ninguém ficou sabendo? Para que serve uma boa história se não para contá-la?

Sorrentino dá um panorama dos contrastes entre a juventude e a velhice, além de destilar acidez em uma crítica a Hollywood (sobretudo na aparição da personagem de Jane Fonda). Faz falta, contudo, uma costura consistente para dar suporte a ideias oportunas e reflexões agudas.

Revisitando temas da obra anterior de Sorrentino, este filme parece insinuar uma trilogia do diretor, ainda incompleta. De todo modo, a comparação com A Grande Beleza não favorece A Juventude, que é um filme menos orgânico e mais artificial, embora igualmente bem-produzido.